Álcool é vilão do emagrecimento?

Álcool é vilão do emagrecimento?

Especialista revela riscos da bebida alcoólica para quem pretende perder peso

 

Festas de fim de ano são sempre fartas, com diferentes tipos de comidas, mas não é só a comilança que pode ser vilã do emagrecimento. A bebida alcoólica fornece ao organismo quase o dobro de calorias das do açúcar e, se consumido em excesso, pode atrapalhar o projeto verão e, pior, causar graves danos à saúde.

O álcool se origina do açúcar, ou por destilação ou por fermentação, e nesse processo de transformação existe o ganho de três calorias. Enquanto o açúcar fornece quatro calorias por grama, o álcool oferece sete. Então, o álcool faz engordar quase o dobro do que o próprio açúcar. “Há pessoas com o hábito de beber muito. Elas têm grande dificuldade na perda de peso, até comendo pouco”, afirma o cirurgião e endoscopista Bruno Sander.

É importante ressaltar que as bebidas alcoólicas não possuem nenhum valor nutricional, não trazem nenhum benefício para o corpo, além de não possuir vitaminas, ainda não tem mineral, proteína e nenhuma gordura boa. “Ou seja, é caloria que vai virar gordura, pode fazer mal para o fígado, dependendo da quantidade, e não traz nenhum nutriente”, completa.

Atenção mulheres 

No corpo feminino, o álcool pode ser ainda mais prejudicial no processo de emagrecimento. “As mulheres têm, proporcionalmente, uma quantidade de gordura bem maior que os homens, que têm mais massa muscular. Mais gordura significa menos água, então a mulher acaba tendo uma dificuldade maior na diluição do álcool no corpo. Com isso, a absorção da substância no corpo delas acaba sendo mais rápida e indo também de forma mais rápida para o fígado”, explica o médico.

Dicas

Há alguns cuidados que ajudam a eliminar a substância mais rapidamente do corpo para quem bebe socialmente. “Alternar com um copo de água é uma dica importante, porque isso faz diminuir um pouquinho a vontade de beber álcool. Outra dica é substituir o açúcar pelo adoçante na hora de fazer a caipirinha. Isso reduz pela metade a quantidade de calorias dessa bebida”, sugere.

Para que a bebida alcoólica não atrapalhe o processo de emagrecimento, é importante também consumir em menor quantidade. A recomendação é de uma a duas doses. “Por exemplo, 300 ml de chope tem mais ou menos 180 calorias; uma taça de vinho tem cerca 95 calorias; e uma dose de vodca, uísque e tequila tem mais ou menos 120 calorias a cada 50 ml. Então, uma ou duas doses de qualquer uma dessas bebidas acaba tendo por volta de 350 calorias”, esclarece Sander.

O álcool é uma substância tóxica, e o fígado simplesmente metaboliza o álcool para transformar em substâncias não tóxicas para serem eliminadas. “Outra dica é não beber em jejum. Quando o estômago está cheio, o corpo demora mais para absorver o álcool, então dá mais tempo para o fígado metabolizar a substância”, finaliza.

Fonte: Bruno Sander Queiroz, médico cirurgião endoscopista, especialista em gastroenterologia, nutrologia e tratamentos de obesidade. É médico e diretor do Hospital Dia Sander Medical Center, em Belo Horizonte (www.sandermedicalcenter.com.br).

Redacao

Apaixonado pela área acadêmica, Felipe de Jesus | Editor e Administrativo é Jornalista (Faculdade Estácio de Sá - BH/MG), Publicitário (Instituto Politécnico-SP), Teólogo (Faculdade ESABI), Sociólogo (Faculdade Polis das Artes), Economista (Universidade São Paulo) & Advogado (FACSAL/Universidade Brasil-S.A). Tem Mestrado em Comunicação Social: Jornalismo e Ciências da Informação (UEMC) e atualmente cursa Engenharia de Telecom. e Bacharelado em Ciências Musicais (Música/Livre) - [ Siga o Instagram: @felipe_jesusjornalista ]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *