Pioneirismo nos estádios da capital mineira

Pioneirismo nos estádios da capital mineira

Crédito | Imagem: Letra / Divulgação.

Juizado do Torcedor de BH lança ferramenta de identificação facial em parceria com empresa de tecnologia para coibir brigas e dar maior segurança nos estádios

 

Nas últimas semanas, o Brasil acompanhou cenas chocantes de violência em alguns estádios de futebol, ocasionando até mortes. Infelizmente esses não são casos isolados ou exceções, situações como essas vem acontecendo há muitos anos. Mas, os dias para os torcedores violentos nos estádios estão contados, pelo menos na capital mineira.

No próximo domingo, 6 de março, os torcedores que forem assistir ao clássico  Atlético e Cruzeiro, e que forem pegos fazendo qualquer ato ilícito no estádio Mineirão, em Belo Horizonte, passarão pela primeira vez por um cadastramento facial e serão impedidos de frequentar os jogos do seu time. A iniciativa realizada pelo Juizado do Torcedor conta com o apoio da Biomtech, empresa mineira especializada em soluções de biometria facial.

Há três anos, a Biomtech, iniciou uma parceria de sucesso com o Tribunal de Justiça, através da Vara de Execuções Criminais da capital, para implementar a ferramenta para a apresentação dos apenados em sistema de regime aberto. De acordo com o diretor da empresa, Ricardo Cadar, com o uso dessa tecnologia foi possível reduzir o tempo médio de apresentação desses apenados de 4h para apenas 30 segundos.

A solução deu tão certo que agora, o Juizado do Torcedor também contará com essa ferramenta. “O torcedor que brigar ou causar confusão nos estádios da capital mineira ficará proibido de acompanhar outros jogos do time, como previsto na lei e no estatuto do torcedor”, conta a coordenadora dos Juizados Especiais, Flávia Birchal.

Ela acrescenta que até então era inviável saber se o torcedor estava ou não frequentando os jogos, mas com o uso da identificação facial, será possível a partir de agora ter efetividade do cumprimento dessa pena. “E não há o que preocupar, o equipamento é totalmente seguro. O sistema é antifraude e as informações são sigilosas, sem o risco de serem vazadas”, garante Cadar.

A capital mineira será a primeira cidade do país a contar com essa novidade nos estádios em definitivo, com a implantação pelo Juizado do Torcedor de Minas Gerais, mas a ideia é expandir ainda este ano para o interior e outros estados brasileiros. “Nosso objetivo é levar essa ferramenta para todo Brasil e assim, garantir o cumprimento das leis e aumentar a segurança nos estádios para os torcedores”, frisa o diretor da Biomtech.

Novidades a caminho

Outra iniciativa que já está em andamento é usar o sistema desenvolvido pela empresa para que o torcedor tenha acesso ao estádio somente pela face. Além de mais ágil, o sistema permite que o torcedor adicione todos os documentos que deve levar aos jogos, tais como ingresso, identidade e comprovante de vacinação em um só aplicativo e na hora que for entrar, simplesmente mostrar o rosto e passar pela catraca sem necessidade de ficar mostrando vários documentos. “Dessa forma, o torcedor pode ir assistir ao time do coração sem preocupação em levar esses documentos no bolso, carteira ou na bolsa, mais comodidade e segurança”, acrescenta Ricardo.

A empresa

O uso dessa tecnologia será feito em parceria com os estádios da capital e com o Juizado do Torcedor, para levar mais segurança e tranquilidade para os torcedores e suas famílias.

A empresa mineira de tecnologia é focada no desenvolvimento de produtos e soluções de biometria facial.

Redacao

Apaixonado pela área acadêmica, Felipe de Jesus | Editor e Administrativo é Jornalista (Faculdade Estácio de Sá - BH/MG), Publicitário (Instituto Politécnico-SP), Teólogo (Faculdade ESABI), Sociólogo (Faculdade Polis das Artes), Economista (Universidade São Paulo) & Advogado (FACSAL/Universidade Brasil-S.A). Tem Mestrado em Comunicação Social: Jornalismo e Ciências da Informação (UEMC) e atualmente cursa Engenharia de Telecom. e Bacharelado em Ciências Musicais (Música/Livre) - [ Siga o Instagram: @felipe_jesusjornalista ]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *