Especialista em acessórios ensina como não errar na hora de compor esses itens

O colar é uma peça simples que pode fazer toda a diferença em um look. Apesar de parecer fácil, a composição certa pode valorizar ou estragar completamente o efeito desejado. Bruna Rezende, fundadora da Formidável Jóias, ressalta que, no caso dos colares, informação demais pode pesar o visual e causar incômodo aos olhos. Enquanto utilizar peças muito apagadas pode fazer o brilho desaparecer em algumas ocasiões. “Portanto, o segredo está em equilibrar corretamente esse acessório para causar a impressão que deseja”, afirma.

Segundo Bruna, atualmente, a maior tendência em relação a essa peça é o mix de acessórios. “Nas passarelas, o mix de colares fez um sucesso e cada vez mais mulheres investem nessa opção no dia-a-dia. Afinal, a combinação certa valoriza o colo e outras partes do corpo quando utilizados com as peças de roupa e demais itens”, garante.

Como não errar

Para quem não possui muito conhecimento de moda, pode parecer difícil montar as combinações ideais no início. Porém, Bruna tranquiliza ao afirmar que tudo se trata de uma questão de prática. Confira algumas dicas que ela separou para conseguir esse hábito facilmente:

1 – Use colares de tamanhos diferentes: o objetivo do mix de colares é criar uma combinação com tamanhos diferentes. Então, evite usar dois ou mais colares do mesmo tamanho. Eles podem acabar se embolando ou causando uma poluição visual.

2 – Pense em um padrão: os colares devem ser diferentes no tamanho, mas não muito diferentes entre si. Evite combinar materiais e cores que não ‘conversam’. Utilize cordões da mesma cor.

3 – Fique de olho nos pingentes: geralmente, o pingente do colar maior segue a mesma proporção. Nesse caso, evite colocar os colares menores com pingentes grandes. Utilize-os de forma equilibrada.

4 – Pense no look completo: escolher a roupa ideal, os sapatos e os colares mais bonitos da coleção, mas, de repente, perceber que eles não combinam! Essa situação pode desanimar muita gente. Portanto, também pense no padrão de roupas que vai usar, a ocasião – se é mais formal, informal, quem serão os acompanhantes, dentre outros. Dessa forma, fica mais fácil encontrar o modelo que realmente vai combinar com o todo.

5 – Se inspire: essa é uma dica super importante para iniciantes ou experientes no assunto. Veja o que outras mulheres com o estilo parecido com o seu estão usando, pesquise modelos que lhe agrada, veja as combinações nos catálogos de moda, revistas e blogs. Salve fotos, peça opiniões das amigas que conhecem o seu estilo, dentre outras. Assim, vai ficar muito mais fácil achar as peças ideais.

Fonte: Bruna Rezende, pedagoga, pós-graduada, possui 13 anos de atuação com educação infantil. Há quase cinco anos decidiu empreender e há dois anos abdicou totalmente da escola para focar em seu próprio negócio, a Formidável Joias, e para ficar mais tempo com o filho de 5 anos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *