(31/07) Dia do Orgasmo: o prazer é todo seu!

0
45

Orgasmo pode ser sentido de inúmeras formas diferentes, mas muita gente ainda não sabe como; metade da população brasileira se sente insatisfeita sexualmente e 55% das mulheres não conseguem chegar ao orgasmo, indicam pesquisas

Que o sexo pode causar benefícios a saúde mental e física, muita gente já sabe. Porém, chegar ao clímax sexual pode ser uma tarefa mais difícil do que parece. Os tabus em torno da sociedade, além da falta de informação ainda é um desafio que impede muita gente de conhecer o poder do próprio corpo e os benefícios que ele pode proporcionar. Além disso, grande parte da população passa a vida inteira sem conhecer todos os tipos de orgasmo que podem ser sentidos.De acordo com um estudo realizado pela Universidade de São Paulo, 55% das mulheres não atingem um orgasmo durante a relação sexual. Enquanto isso, uma pesquisa feita pelo Durex Global Sex Survey, mostra que mais de 60% dos homens sentem dificuldade em manter uma ereção e 51% dos brasileiros – homens e mulheres – estão insatisfeitos sexualmente.

Aline Bicalho, consultora em sexualidade e empresária no setor erótico, diz que esses números refletem uma realidade comum no Brasil: a dificuldade em dialogar, tabus e a oportunidade de apostar em novas experiências, seja sozinho ou com o parceiro. “Ainda existe um certo medo sobre o assunto. Alguns parceiros têm receio de como o outro vai reagir, achar que isso pode ser um indício de que a relação está por um fio, dentre outras situações. Porém, pelo contrário, quanto mais se sentir à vontade para conversar, mais a relação e a intimidade pode crescer, algo que reflete inteiramente no prazer sexual e nos benefícios para a saúde mental e física do casal”, destaca.

Além disso, é importante saber que o orgasmo não precisa ser sentido apenas entre duas pessoas. “O nosso corpo pode nos proporcionar experiências satisfatórias sem precisar de outras pessoas envolvidas. Basta ter autoconhecimento, saber o que nos faz sentir a vontade, investir em brinquedos eróticos para novas experiências. Além de aumentar a autoestima, você ainda aprende a se sentir bem consigo mesma ou guiar um novo parceiro se precisar”, revela.

Tipos de orgasmo

Seja a sós, com uma companhia ou com ajuda de brinquedinhos, o orgasmo pode ser sentido de diversas formas e intensidades. O segredo está em se sentir à vontade e permitir novas experiências sempre. “Nesse sentido, as mulheres, por exemplo, possuem mais que o dobro de terminações nervosas relacionadas ao prazer sexual que os homens. Porém, eles também podem experimentar sensações diferentes todos os dias. Tudo depende da região estimulada durante a relação, as preliminares e os pontos sensíveis que podem variar para cada um. Afinal, assim como em outras situações da vida, o sexo também se trata de gosto. Cada um possui uma preferência. Por isso, o diálogo e o autoconhecimento é tão importante. Assim, o parceiro pode entender o que você realmente gosta sem achismos”, garante.

Benefícios do orgasmo e brinquedos eróticos

Os brinquedinhos eróticos podem ser uma fonte inesgotável de prazer e ser responsável por ainda mais benefícios na relação a dois ou a sós. A consultora diz que a adesão desses itens podem trazer inúmeras vantagens. “Entre elas, eu destaco o autoconhecimento, pois ao se estimular a pessoa descobre formas de prazer que não conhecia, ela cria maior consciência corporal. Sair da rotina e ser criativo também estão entre os pontos mais citados. Porém, o principal benefício que muita gente desconhece é o aumento da libido”, acrescenta.

Enquanto isso, o orgasmo é terapêutico. “Ele aumenta a produção de diversos hormônios, como a endorfina – que causa sensação de prazer -, a ocitocina, conhecida como hormônio do amor, além de regular o período menstrual, o sistema imunológico, os ossos, dentre outros diversos benefícios”, afirma.

Orgasmo Week

Para falar um pouco mais sobre os tipos de orgasmo, os mitos envolvidos e benefícios para o corpo, Aline preparou uma semana especial para comemorar o Dia do Orgasmo (31/07). A programação acontece no perfil @amigasdabunita durante toda a semana. Confira:

Terça-feira, 20h: Orgasmo: Fingir? Nunca mais!

Quarta-feira: SURPRESA!

Quinta-feira, 20h: Vida Sexual após os 60 (Com Dr. Jorge Menezes, cirurgião plástico)

Sexta-feira 21h: Orgasmo: O prazer é todo seu! (Aline vai responder perguntas, mostrar produtos e mais).

Fonte: Aline Bicalho, consultora em sexualidade. Formada em sexualidade, erotismo e cultura. Empresária e criadora do Movimento Amigas Da Bunita. Casada e mãe de 3 filhos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui